Falhas da Liderança e Como Corrigi-las

Nesses meus últimos 35 anos de consultoria, cheguei a conclusão que existem 40 falhas muito comuns no dia a dia empresarial. Algumas, mesmo pequenas, podem levar a empresa para o buraco.

 Neste artigo vou passar por 3 delas. Meu intuito é que você faça uma autoanálise e também uma verificação completa em sua empresa, se você mesmo ou alguém que conhece comete algum desses deslizes, pode corrigi-los imediatamente.

 O primeiro grande problema é NÃO SABER ELOGIAR. É importante que as pessoas sejam reconhecidas. Uma maneira legal de se fazer, é elogiar e em seguida desafiar, porque além do reconhecimento é importante incentivar a pessoa a fazer um trabalho melhor.

 O elogio é uma forma de feedback, é importante mostrar que a pessoa está seguindo o caminho certo, de acordo com a maneira que o líder gostaria. Então, deve-se aproveitar essa capacidade para maximizar os resultados.

 Lembrando que é uma via de mão dupla, apesar de sempre querer aumentar os desafios, é importante ouvir a opinião do colaborador para saber se essa nova meta é alcançável e se ele se sente confortável com isso.

 

A segunda falha é NÃO SABER REPREENDER, expor algum funcionário na frente dos demais por algo negativo é uma estratégia terrível. O elogio pode ser feito em público mas deixe a repreensão para ser feita em particular.

 Uma forma de repreensão muito utilizada é através do pareto:

 POSITIVO – NEGATIVO – POSITIVO

 O que significa isso exatamente? É iniciar a conversa falando de aspectos positivos do trabalho da pessoa, por exemplo, depois entrar no problema, dizendo da insatisfação e de que gostaria que tivesse sido feito diferente. Por fim, incentivar que a pessoa melhore e depositar a confiança de que ela será capaz de entregar algo melhor.

 Quando iniciamos uma conversa de forma negativa, a pessoa já cria um bloqueio e nem escuta o restante. Sendo assim, não acontecem melhorias.

 O terceiro problema é NÃO SABER DELEGAR, aqueles que dizem que se saírem da empresa por alguns dias a empresa não anda, com certeza não sabem delegar. Não entenderam que o princípio do negócio não é fazer, é fazer fazerem.

 A maneira ideal de delegar, é fazer as pessoas pensarem. Então, toda vez que alguém trouxer um problema, o faça refletir sobre o assunto, não dê a solução de imediato.

 Ainda se tratando de delegação, evite a superproteção. Ou seja, não faça pelos outros aquilo que eles deveriam fazer por eles mesmos.

 Já vi algumas pessoas dizerem que não delegam por falta de tempo, mas temos que partir do princípio que se você treinar as pessoas, em poucos dias sobrará tempo para novas atividades.

 Gostaria de finalizar com uma frase:

 “Se suas ações inspirarem os outros a sonhar mais, aprender mais, fazer mais e se tornar mais do que são, você é um líder.” Quincy Adams

 Meus amigos, espero que essa publicação os faça refletir sobre o tema. Veja se alguma dessas falhas está presente em sua rotina, e se tiver, corrija de imediato.